Félix da Costa foi segundo em corrida de loucos no México

0

António Félix da Costa esteve brilhante hoje na 4ª corrida da temporada da Formula E, que teve lugar no circuito Hermanos Rodriguez, na cidade do México. O piloto Português largou da 5ª posição da grelha e efetuou uma corrida espetacular, isenta de erros que culminou com um excelente 2º lugar. Numa das corridas mais espetaculares da história da Fórmula E, AFC volta a subir ao pódio, consolidando a sua posição de candidato ao titulo de pilotos.

Logo pela manhã na qualificação ficou bem evidente que AFC era um dos candidatos a lutar pela vitória, com o piloto da BMW a ser o único piloto do 1º grupo da qualificação (o grupo onde a pista se apresenta sempre mais lenta) a passar à super pole. Félix da Costa acabou por efetuar a 5ª melhor marca na super pole, posição que o deixava em boa posição para atacar na corrida. Com um arranque menos feliz, o piloto Português perdia uma posição na largada, mas recuperava esse lugar ainda na primeira volta, subindo a 5º. Decorridas que estavam cinco voltas da corrida e um acidente de Nelson Piquet Jnr fez com que a corrida fosse interrompida com bandeira vermelha. No recomeço o grupo dos cinco primeiros, o qual AFC fazia parte, foi embora do restante pelotão, travando uma batalha intensa, que acabaria por se decidir na última volta, num final de corrida impróprio para cardíacos, com AFC a terminar na 2ª posição, atrás de Lucas di Grassi, com Edoardo Mortara a fechar os lugares do pódio.

António Félix da Costa: “Que corrida de loucos! Começando pela qualificação, onde consegui ser o único piloto do grupo 1 a passar à super pole, o que me deu a confiança de que tínhamos andamento para lutar pela vitória. Na corrida sabia que a gestão de energia seria critica nas voltas finais, portanto deixei-me estar perto do grupo da frente durante toda a corrida e principalmente na última volta foi de loucos, com muitos pilotos a ficarem sem bateria. Foi uma corrida incrível, onde fomos muito eficientes na gestão de energia e acabámos por ser premiados por isso. Em termos de campeonato foi uma boa operação, agora é continuar a trabalhar para nos mantermos competitivos. O campeonato é longo e se queremos lutar por ele temos de nos manter focados e sobretudo pontuar sempre, pois a regularidade vai decidir o titulo, não tenho dúvidas.”

Excelente operação para António Félix da Costa, que ao ser 2º na corrida de hoje, subiu a 2º do campeonato com 46 pontos, menos 7 que o líder Jerome D´Ambrosio, que foi 4º classificado na corrida de hoje no México. Avizinha-se assim um campeonato muito disputado, com quatro vencedores até agora em quatro corridas disputadas. A próxima prova da Formula E tem lugar em Hong Kong, no dia 10 de Março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.