David Megre com fecho de semana exigente

0

No ínicio da longa ‘viagem’ de regresso a Lima, onde vai terminar o curto Dakar 2019, David Megre voltou a enfrentar uma etapa exigente e bastante técnica. Com 336 quilómetros ao cronómetro e uma ligação com 837 – a mais longa desta edição número 41 da prova – o campeão europeu de Bajas em 2009 ultrapassou todos os obstáculos, ajudou um dos seus colegas de pista – o indiano Santosh – quando este necessitou de auxilio médico e concluiu o dia já a pensar no merecido dia de descanso que hoje todos os pilotos podem disfrutar.

‘Estive muito tempo parado na pista a ajudar o Santosh e depois de chegar a equipa médica quando arranquei estava muito atrasado. Os pilotos mais lentos estavam na minha frente e foi muito complicado continuar a progressão no pó levantado por estes.’ referiu o piloto de Coruche na chegada a Arequipa e a pensar num merecido dia de descanso, desta feita em hotel ao contrário da habitual tenda.

‘Tenho hotel para este dia de descanso que vai ser sem dúvida um 5 estrelas superior seja lá qual fôr o seu estado. A minha moto não está muito massacrada e mesmo depois de dois dias muito duros demonstrou toda a sua fiabilidade e robustez. Vou aproveitar este dia ao máximo para atacar a semana final deste Dakar com o meu objectivo bem claro…chegar ao final’

Reforça David Megre no final de uma etapa maratona e de um quinto dia de Dakar onde os 12 abandonos registados revelam a exigência do primeiro dia no regresso a Lima onde terminará este Dakar 2019.

David Megre chegou novamente a Arequipa com a 55ª posição na classificação da etapa, ocupando agora o 44º posto da classificação geral, sendo o quinto melhor dos pilotos portugueses em prova. Um Dakar dentro dos seus objectivos que termina na próxima quinta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.