Kaxa & Motor desiste quando liderava em Lousada

0

Faltava pouco mais de uma hora, para terminarem as 6 Horas de Ralicross Paulo Sérgio, prova de resistência que se realizou no Eurocircuito de Lousada, quando o azar bateu à porta, do Peugeot 106 GTi, da equipa Kaxa & Motor. Uma equipa constituída por nomes bem conhecidos do desporto automóvel nacional, e não só. Eram quatro os pilotos – Joaquim Machado, Jorge Machado, Jorge Areal e Leonel Sampaio.

A Kaxa & Motor, começou a prova no quinto posto, entre quase 30 equipas. Começou com um andamento consistente e rápido, que a levou à liderança da prova, decorria a 58ª. volta. Ainda nem uma hora de prova estava cumprida e a Kaxa & Motor já estava no comando. A partir daí, foi consolidando a liderança e foi aumentado a diferença, para as equipas que a seguiam.

Com quatro horas e 30 minutos de provas e 296 voltas completadas, a Kaxa e Motor continuava na frente, com mais 5 e 8 voltas do que os segundo e terceiro classificados. Diferença essa, que foi aumentando. Pouco faltava para as 5 horas de prova e a Kaxa & Motor continuava a liderar. Uma liderança em que se encontrava há cerca de 4 horas. E foi aí, que o imponderável aconteceu. Tinham-se completado 315 voltas, quando o 106 Gti, avaria. Uma avaria que tudo indicava fosse de fácil resolução, mas assim não aconteceu. Tinha-se partido uma manga de eixo. A prova ficou por aí, pois a reparação era demorada.

Foi uma forma inglória, de perder as 6 Horas de Ralicross Paulo Sérgio. Bem se poderá afirmar que só a manga de eixo, conseguiu bater a Kaxa & Motor, equipa que esteve no comando da prova 257 voltas e cerca de 4 horas. Ou seja, cerca de dois terços de toda a corrida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.