Nacional TT 2018 termina época com jornada animada em Góis

0

Diogo Ventura aos comandos de uma Honda, Filipe Martins em Yamaha e Pedro Santinho Mendes num CanAm Maverick X3 foram os vencedores da 25ª edição do Raide TT Paraíso do Todo-o-Terreno que se disputou em Góis e que neste ano de 2018 foi palco da jornada de encerramento do CNTT.

Conforme diz o ditado ‘à terceira foi de vez’ e depois de adiado por duas vezes por imposição da Proteção Civil por risco de incêndio que este ano se estendeu até Outubro, o 25º Raide Paraíso Todo-o-Terreno disputou-se finalmente nas pistas dos concelhos de Góis e Arganil.

Com António Maio nas motos, Arnaldo Martins nos Moto4 e a dupla João Monteiro/Manuel Pereira nos SSV a terem antecipadamente assegurado os títulos absolutos das três disciplinas que compõem o CNTT não faltaram, todavia, motivos de interesse para quem quis acompanhar o 25º Raide Paraíso Todo-o-Terreno.

A competir em casa, Diogo Ventura estreou-se a vencer em provas de todo-o-terreno liderando desde o prólogo até ao final a fim a prova organizada pelo Góis Moto Clube. O actual campeão TT3 Mário Patrão foi o 2º classificado tendo gasto mais 1m12s que o vencedor. Bernardo Megre em Yamaha venceu entre os Júniores, triunfou na Classe TT1 e subiu pela primeira vez a um pódio absoluto. O 5º lugar alcançado por Martim Ventura também em Yamaha e 2º da Classe TT1 foi suficiente para renovar o título de campeão nacional. Entre os veteranos triunfou Rui Panda (Honda) com Rui Costa a ficar com o título.

Filipe Martins vence
Entre os Quad Filipe Martins foi o mais rápido e com a vitória conseguida assegurou o segundo posto final no campeonato. O piloto local Luís Pimenta numa Suzuki a quem coube abrir a pista depois de ter sido o mais rápido no prólogo foi 2º classificado à frente de Wilson Galo que aos comandos de uma Suzuki completou as posições de pódio.

Pedro Santinho Mendes é vice-campeão nacional
De entre as quase quatro dezenas de SSV à partida a prova beirã a vitória sorriu a Pedro Santinho Mendes que aos CanAm Maverick X3 conseguiu assim sagrar-se vice-campeão nacional.Depois de uma corrida muito animada que teve Marco Silva (CanAm) a vencer o prólogo e Mário Franco (Yamaha) a liderar  durante 2/3 da prova, o pódio ficou completo com dois dos mais jovens pilotos nacionais. João Dias foi o 2º classificado e o campeão nacional 2018 João Monteiro ficou em 3º lugar.
O veterano Nuno Fontes terminou em 4º lugar e com isso sagrou-se campeão entre os Veteranos e da Classe Promoção. Rui Serpa em Yamaha encerrou o Top 5 numa corrida em que também em Yamaha António Carvalho venceu a Classe SSV T2. Nesta Classe o 4º lugar de Arnaldo Monteiro (Yamaha) foi suficiente para se sagrar vice-campeão.

Góis abre temporada de 2019
O Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressa já a 23 e 24 de fevereiro e será o 26º Raide Paraíso Todo-o-Terreno a abrir a temporada de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.