Novo software pretende aumentar vida útil das baterias usadas nos veículos elétricos

0
  • Tecnologia fará gestão térmica de baterias de iões de lítio

O software de gestão térmica de baterias, a ser desenvolvido na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, pretende prolongar a vida útil deste sistema de armazenamento de energia, cuja atual limitação é o rápido envelhecimento. Este foi um dos 15 projetos contemplados com uma Bolsas de Ignição financiada pelo INOV C 2020, um projeto suportado por fundos do FEDER que pretende alavancar ideias de empreendedorismo e inovação na região centro.

O desenvolvimento deste software, que utiliza um método modelação térmica, possibilita estimar o estado e a vida útil das baterias de iões de lítio, usadas pelo setor automóvel nos veículos elétricos, evitando a sua degradação precoce. Com um sistema de monitorização e controlo (BMS, BTM), o tempo de vida útil da bateria pode ser prolongado, através de uma operação dentro dos parâmetros de funcionamento que garante uma vida útil elevada para cada elemento de um pack de baterias.

«Atualmente, as energias renováveis são uma alternativa ecológica às energias tradicionais, mas são também uma opção de investimento cada vez mais atrativa para vários setores e possibilitam o aumento da poupança por parte do consumidor. Uma das melhores formas de armazenamento de energias renováveis passa pela utilização de sistemas de baterias. No entanto, as baterias têm custos elevados e, para esta tecnologia ser rentável e eficiente, é necessário prolongar a sua vida útil. Diminuir o custo de armazenamento tornará esta opção mais atrativa, por exemplo, para o setor dos transportes», refere Edson Freitas, investigador principal do projeto.

As Bolsas de Ignição do programa INOV C 2020 foram atribuídas em julho de 2018 a quinze projetos de investigação científica com aplicabilidade comercial. Os projetos representam um investimento total de 150.000 mil euros, com um financiamento FEDER máximo de 8.500€ por cada bolsa.

INOV C 2020 apoia projetos inovadores em Portugal

Do consórcio INOV C 2020, liderado pela Universidade de Coimbra, fazem parte dez parceiros nucleares: o Instituto Politécnico de Coimbra, o Instituto Politécnico de Leiria, o Instituto Politécnico de Tomar, o Instituto Pedro Nunes, o ITeCons, o SerQ, a ABAP, a Obitec e o TagusValley.

O INOV C 2020 é um projeto estratégico cofinanciado pelo Centro 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), com um prazo de execução compreendido entre 18 de abril de 2017 e 17 de abril de 2019. Os parceiros executarão um investimento total de 1.627.614€, sendo o montante de 1.383.472€ financiado pelo FEDER.

O objetivo do projeto INOV C 2020 é consolidar a Região Centro enquanto referência nacional na criação de produtos e serviços resultantes de atividades de Investigação & Desenvolvimento. A consolidação do Ecossistema de Inovação, através da incorporação de uma oferta ampla de recursos, infraestruturas e respostas a desafios específicos, faz também parte da sua missão. O INOV C 2020 segue-se ao Programa Estratégico INOV C, executado entre 2010 e 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.