Miguel Matos vence na última prova da G1 Series Itália

0
  • Piloto de Guimarães em evidência no Circuito de Varano

Miguel Matos regressou este fim de semana ao traçado de Varano, onde se estreou a correr pela primeira vez esta época na G1 Series Itália. Agora com maior conhecimento da pista, o piloto da RG Racing esteve ainda mais forte ao bater toda a concorrência na Corrida 1. Na Corrida 2, Miguel Matos foi traído pela caixa de velocidades e teve de abandonar. Mesmo assim, o vimaranense garantiu um meritório terceiro lugar na sua época de estreia a competir nos monolugares internacionais.

Miguel Matos partiu para a sexta e última prova sabendo que dificilmente poderia vencer a edição de 2018 da G1 Series Itália, pelo que garantir o vice-campeonato era o seu principal objetivo. O piloto de Guimarães esteve muito perto de cumprir os seus intentos dado que venceu a Corrida 1 no Circuito de Varano, mas na Corrida 2 problemas mecânicos (quebra da caixa de velocidades) impediram-no de sagrar-se vice-campeão no seu ano de estreia a competir nos monolugares fora do seu país, conseguindo no entanto um honroso terceiro lugar no campeonato.

Contudo, no final da prova o campeão da Fórmula Ford Portugal 2017 afirmou estar satisfeito com o novo desafio de 2018 em terras transalpinas, já que venceu corridas e foi presença assídua nos pódios nas seis provas que compuseram a competição, ganha pelo israelita Yarin Stern. “Fizemos o terceiro melhor tempo na qualificação a 0,1s da pole position. Na Corrida 1 estive na luta pela vitória até final e acabei mesmo por vencer. Na Corrida 2 a caixa de velocidades partiu e fui forçado a abandonar. Fazendo um balanço desta primeira experiência, considero que foi uma época muito positiva, pois corri em pistas novas e com um monolugar que desconhecia”, comentou Miguel Matos, piloto patrocinado pela Rectificadora de Guimarães, APSG, AutoSilva e Rodome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.