Bagnaia vence na Tailândia e fica mais perto do título

0

Francesco Bagnaia deu mais um passo em direção ao título da Moto2. Este domingo, o #42 tratou de superar um confronto com a dupla da KTM na primeira metade da corrida para vencer pela sétima vez no ano e ampliar a sua vantagem sobre Miguel Oliveira na liderança do Mundial.

O titular da VR46 instalou-se na liderança ainda no início da disputa na Tailândia, mas teve de travar um intenso duelo com Miguel Oliveira e Brad Binder. Mesmo cometendo uma série de erros, Bagnaia conseguiu recompor-se e conseguir garantir escapar na segunda metade da corrida para vencer com 1s512 de vantagem.

Sem conseguir pressionar Bagnaia, Oliveira passou a ter de se mostrar atento à proximidade de Binder, mas o sul-africano não chegou a lançar um ataque dos mais eficientes.

Com duas voltas para o fim, vindo de trás, Luca Marini surgiu para tirar o terceiro posto a Binder. Na volta final, o #10 ainda aproveitou um erro de Oliveira para alcançar o segundo posto e garantir uma dobradinha da VR46.

Assim, Oliveira ficou com o último posto do pódio, com Binder a perder o top-3 por 0s157. Fabio Quartararo ficou com o quinto posto, à frente de Mattia Pasini e Iker Lecuona. Tetsuta Nagashima conseguiu o oitavo lugar, com Andrea Locatelli e Simone Corsi a completar o lote dos dez primeiros.

Além da importância em termos de campeonato, a vitória de Bagnaia neste domingo também tem um memorável componente histórico, já que foi a 800ª vitória da Itália entre todas as classes do Mundial de MotoGP.

Com o resultado de Buriram, Bagnaia chegou aos 259 pontos e abriu 28 de vantagem para Oliveira. Binder tem o terceiro lugar no campeonato, à frente de Lorenzo Baldassarri e Álex Márquez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.