Red Line Motorsport enriquece palmarés no Karting

0
  • Equipa madeirense voltou a estar em evidência no Kartódromo de Palmela

A Red Line Motorsport concluiu mais um Campeonato de Portugal de Karting com distinção, fruto dos resultados alcançados na quinta e última prova, realizada este fim de semana, no Kartódromo Internacional de Palmela. A única equipa insular presente na competição regressou à Madeira com dois títulos de vice-campeã nacional nas categorias X30 Super Shifter Gentleman e X30 Shifter Júnior, e com um honroso terceiro lugar na categoria Cadete, muito embora tenha sido injusta e fortemente penalizada nesta classe, ficando sem um título nacional praticamente certo, numa categoria exigente onde atuam mais de duas dezenas de participantes.

João Dias sagrou-se vice-campeão nacional da categoria X30 Super Shifter Gentleman, em que os karts estão equipados com caixa de velocidades e potentes motores de 175 cc. Com chassis Kart Republic (KR), o piloto madeirense podia perfeitamente ter conquistado o título, mas dado que não pôde disputar a segunda jornada em Leiria, pelo facto da ronda portuguesa coincidir com uma prova do ‘Europeu’ da especialidade, ficou condicionado. Um ponto a rever pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), pois na altura em que elaborou o calendário do Campeonato de Portugal de Karting, já sabia das datas das provas do ‘Europeu’ de 2018. De qualquer modo, João Dias encerrou da melhor forma a sua participação no Campeonato de Portugal de Karting, já que bateu toda a concorrência na quinta e última prova, em Palmela, deixando Frederico Castro, campeão nacional em 2017 na segunda posição e, Manuel Ramos – que conquistou o título – no quarto lugar.

O consagrado Bruno Ponte também se viu privado de lutar pelo título de campeão nacional na categoria X30 Shifter à geral e na classe Júnior, pois a FPAK só se pronunciou sobre um processo em curso – que foi favorável ao piloto do Funchal – quando já se tinham realizado as provas de Viana do Castelo e de Leiria. Ainda assim, Bruno Ponte, com chassis Kart Republic (RK) disputou as jornadas de Braga, Bombarral e Palmela e sagrou-se vice-campeão nacional X30 Shifter Júnior, categoria com karts de caixa de velocidades e motores de 125cc.

António Santos foi um honroso terceiro classificado no Campeonato de Portugal de Karting da categoria Cadete, na qual alinharam 21 pilotos. Contudo, o piloto madeirense, apontado como um dos favoritos ao título, foi duas vezes penalizado de forma injusta – em Leiria e em Braga – e na penúltima prova, no Bombarral, um adversário o colocou fora de pista!

Manuel Soares, que alinhou pela primeira vez esta época pela equipa Red Line Motorsport, atendendo que ainda é muito jovem, prosseguiu a sua evolução na categoria Júnior, na qual alinham 23 pilotos muito fortes e experientes, e conseguiu classificar-se próximo do top-10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.