Miguel Matos garante dois pódios na G1 Series Itália

0
  • Piloto de Guimarães correu no Circuito Tazio Nuvolari

Apesar de ter não qualquer referência sobre o Circuito de Tazio Nuvolari, Miguel Matos – depois de ser o segundo mais rápido na qualificação –, concluiu as duas corridas da quarta jornada da G1 Series Itália na segunda posição, cujo vencedor foi o israelita Yarin Stern. O piloto português somou pontos importantes para o campeonato e está tudo em aberto na competição de monolugares italiana, que regressa em setembro, com Miguel Matos no terceiro lugar, atrás do italiano David Vettori e de Stern.

Face à vitória alcançada na ronda anterior, no Circuito de Cremona, Miguel Matos partiu para a quarta jornada da G1 Series Itália, disputada este fim de semana, no Circuito Tazio Novulari, determinado em voltar a vencer mas, no final prova, o jovem piloto português de 21 anos de idade, admitiu que o seu monolugar não estava com um andamento capaz para ambicionar mais do que a segunda posição quer na Corrida 1 quer Corrida 2, nas quais se impôs o experiente israelita, Yarin Stern.

“Na Corrida 1, o Yarin Stern estava muito rápido e não consegui acompanhá-lo. Na Corrida 2, melhorei um pouco e andei seis voltas perto dele, mas depois o carro começou a piorar e não foi possível lutar pela vitória, pelo que geri a segunda posição para somar pontos importantes para o campeonato. Assim, apesar de continuar no terceiro lugar da classificação geral, estou agora mais perto do segundo classificado, o David Vettori, enquanto o Yarin passou para a liderança. Está tudo em aberto… No início de setembro, vamos regressar a este circuito para a quinta prova e tendo mais conhecimento da pista, quer eu quer a minha RG Racing, acreditamos que podemos fazer melhor”, comentou no final da quarta prova da G1 Series Itália, Miguel Matos – vencedor da Fórmula Ford Portugal em 2017 – piloto patrocinado pela Rectificadora de Guimarães, APSG, AutoSilva e Rodome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.