Red Line Motorsport soma dois pódios e perde uma vitória na ‘secretaria’

0
  • Equipa madeirense na terceira prova do Campeonato de Portugal de Karting

Única equipa insular a disputar o Campeonato de Portugal de Karting e em quatro categoria distintas, a Red Line Motorsport teve um fim de semana intenso na terceira prova, disputada no Kartódromo Internacional de Braga. João Dias garantiu o terceiro lugar na categoria X30 Super Shifter Gentleman e Bruno Ponte a segunda posição na X30 Shifter Júnior, mas a organização viria a ‘estragar’ um fim de semana quase perfeito para a equipa madeirense ao retirar a vitória a António Santos na categoria Cadete, alegando que o piloto de apenas 10 anos de idade fez uma ultrapassagem em situação de bandeiras amarelas. De nada valeu a contestação da Red Line Motorsport e de outros concorrentes ao afirmarem que António Santos venceu de forma justa, preferindo a organização manter a decisão… sem mostrar qualquer prova!

Perante um pelotão de quase 20 pilotos, António Santos foi o mais rápido nos treinos cronometrados e venceu as duas mangas de qualificação, pelo que garantiu a pole-position para a Final. Nesta, após uma gestão perfeita, o jovem piloto madeirense atacou na altura certa para assegurar em definitivo a primeira posição, mas algum tempo depois viria a ser surpreendido com uma penalização de cinco segundos pelo Colégio de Comissários Desportivos, por alegadamente ter feito uma ultrapassagem numa situação de bandeiras amarelas, caindo assim para a quinta posição. O sentimento de injustiça no seio da equipa Red Line Motorsport foi ainda maior, quando outros concorrentes de outras equipas, afirmaram que António Santos não cometeu a referida infração. “Contestámos e pedimos provas de tal acusação, como recurso a imagens, testemunhos de outras equipas ou pilotos, etc, mas de nada valeu porque os elementos do Colégio de Comissários Desportivos só se ouvem a eles próprios. Assim é difícil competir. Na prova anterior, em Leiria, o António Santos foi o primeiro a ver a bandeira xadrez e depois foi penalizado pela mesma razão. Na altura, decidimos dar o benefício da dúvida… mas agora já é demais. Termino apenas com uma pergunta: será que não somos bem-vindos ao Campeonato de Portugal de Karting?”, comentou Aurélio Rodrigues, chefe da equipa Red Line Motorsport.

Como já mencionados, a Red Line Motosport garantiu o terceiro lugar do pódio na categoria X30 Super Shifter Gentleman por intermédio de João Dias, enquanto Bruno Ponte, que fez a sua primeira prova esta época foi segundo classificado na categoria X30 Shifter Júnior. Manuel Soares, cumpriu sua a terceira prova como piloto da Red Line Motorsport e terminou as mangas de qualificação perto do top-10 entre 20 concorrentes, mas na Final, a sorte não esteve do seu lado e foi 16º classificado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.