André Pires consolida com mais um pódio a segunda posição no Campeonato

0

A segunda corrida de Superbike do Estoril II disputou-se sob céu ameaçador, mas depois de alguma demora na grelha para troca de pneus, que a equipa da Fast Bike optou por não realizar, lá se iniciaram os procedimentos da partida. No regresso à grelha, a opção da equipa provou-se a acertada, com uma demora extra na grelha provocada quando os pilotos que optaram prematuramente por borrachas de chuva decidiram reverter para slicks, causando alguma fricção entre equipas.

Quando a prova de 15 voltas finalmente arrancou, imediatamente as Yamaha de André Pires e Ivo Lopes se colocaram isoladas no comando, com o segundo dos dois a afastar-se gradualmente, impondo um ritmo muito forte logo de início. De tal modo, que poucas voltas passadas, os dois rodavam isolados, sem que André Pires pudesse alcançar Ivo Lopes nem fosse, por sua vez, incomodado pelo piloto mais atrás em terceiro.

A chuva acabou por não se materializar, e de certo modo foi uma corrida perfeita para o piloto de Vila Pouca de Aguiar, que nas condições algo húmidas da prova, fez a segunda volta mais rápida da corrida a 1:45:627. Em termos de Campeonato, com Magalhães a acabar apenas quinto e Rui Reigoto a não se classificar, foi uma boa jornada para o piloto da Fast Bike, perdendo apenas 5 pontos para Ivo Lopes, que vai com 70, e empatando com Tiago Magalhães com 56 pontos cada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.