Seraical Team continua sem sorte esta época

0

A sorte continua a não querer nada com o Seraical Team e o seu piloto, José Luís Pereira. Agora foi em Sever do Vouga, na final do Kartcross, que tudo aconteceu.

Nos treinos, o piloto de V. N. de Famalicão, conseguiu um excelente quarto lugar.

Depois, bons resultados nas duas primeiras corridas de qualificação, faziam prever um lugar na linha da frente, para a final. Mas assim não aconteceu, pois na terceira corrida, um toque atitou-o para a cauda do pelotão. Terminou em 11º., o que o “atirou” para a terceira linha da grelha de partida.

Na final, houve duas partidas. A primeira, foi interrompida, por uma carambola, em que José Luís Pereira foi um dos atingidos. Já estava na quarta posição, quando levou um toque e ficou parado. Ao lado dele, foi muita a confusão.

Nova partida, com a luz vermelha a demorar demasiado a apagar, e o piloto do Seraical Team a fazer uma falsa partida. Com o carro muito desalinhado, face ao toque que lhe foi dado e a ser obrigado a cumprir a Joker por duas vezes, terminou na nona posição.

“Estava a correr dentro do esperado, pois tudo indicava que iria conseguir um lugar na linha da frente, da grelha da final. Assim não aconteceu. Depois, foi mais uma final com falta de sorte. Vamos aguardar por Montalegre, dias 21 e 22 de julho, pois o azar vai passar”, explicou José Luís Pereira, no final da prova.

Como o piloto do Seraical Team referiu, a próxima jornada é no Circuito Internacional de Montalegre, nos dias 21 e 22 de julho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.