Circuito de Primavera com bastante adesão do público

0
  • Circuito de Primavera com bastante adesão do público
  • CSS GROUP 1 fazem as delicias dos espectadores com grelha preenchida
  • Corridas muito disputadas e decididas na última volta

O Circuito de Primavera, apresentou um programa cheio de corridas e muita animação para um dia passado em família ao melhor estilo club racing. O evento concentrou 6 corridas a que se somaram os momentos de “test day”.

O evento inspirado nos tradicionais eventos ingleses, onde nasceu o movimento club racing, foi a oportunidade para uma reunião de apaixonados pelas corridas. Pilotos, equipas e público, encontraram-se para uma jornada repleta de momentos de adrenalina.

O horário concentrado tem como objectivo promover o controlo de custos para as equipas com espectáculos praticamente ininterruptos, para um surpreendente número de espectadores que compareceram no traçado do Estoril.

O dia iniciou-se com as qualificações da CSS GROUP 1, com os 3 primeiros lugares a serem disputados pelos Ford Escort RS 2000, das duplas Gaspar/Gaspar, Dias Pedro / Pereira e Martins/Soares. No entanto, o Jaguar de Luis Sousa Ribeiro prometia luta, ficando à frente de dois Ford Escort e a apenas 4 décimas do 3º lugar.

No segundo confronto em pista da qualificação, a família Gaspar voltou a estabelecer a melhor marca, seguido por Dias Pedro / Pereira. Desta vez, Martins/Soares ficou com o quarto melhor tempo, deixando o terceiro para Afonso Cidrais no seu surpreendente VW Scirocco.

Seguiram-se as corridas durante a tarde onde, na primeira prova, Filipe Martins e Carlos Dias Pedro foram primeiro e segundo classificados na categoria H81-2000, e Luís Sousa Ribeiro, terceiro a cortar a linha da meta, conquistou o primeiro lugar na categoria H81-MAX, no seu Jaguar XJS. No entanto, a corrida teve mais emoção do que o resultado demonstra. O primeiro líder foi Luís Sousa Ribeiro com uma excelente partida, seguido pelos 3 Escorts. Fernando Gaspar acabou por desistir, com Filipe Martins e Carlos Dias Pedro a ultrapassarem o potente Jaguar à 5ª volta. Até ao final foi uma luta entre os 2 Escorts, inclusive com duas ultrapassagens numa última volta de cortar a respiração. Já Pedro Ferreira em BMW 320i terminou em terceiro na classe H81-2000.

Destaque para as lutas constantes entre os Datsun 1200 ex-troféu na categoria Production Cup, que fizeram as maravilhas dos espectadores, onde João Posser se sagrou vencedor com apenas alguns milésimos de segundos de diferença do seu opositor directo, Raffa 78. O terceiro lugar da categoria ficou para Luís Santa Bárbara, que chegou a liderar a classe.

O VW GOLF GTI de Rafael Pinto venceu a categoria H81-1600. Madalena Gaspar, que trocou o seu Datsun pelo VW GOLF GTI, foi segunda classificada na mesma categoria, com o VW Scirocco de José Cidrais em terceiro lugar. Curiosamente, ambos estrearam os carros nesta prova.

Na categoria 1052, para carros com cilindrada inferior a 1052 como o próprio nome indica, que já contou com 4 carros à partida, vitória para Carlos Lourenço, seguido de Manuel Ferrão e de Miguel Barata, em Toyota Starlet, Autobianchi A112 e Datsun 1000, respectivamente.

A segunda e última corrida da competição voltou a ser muito disputada. Fernando M. Gaspar e Ricardo Pereira, discutiram até à última volta a vitória, ficando separados por menos de 1 segundo e meio. Já Fernando Soares, terminou em terceiro, também ao volante de um Ford Escort RS 2000. Sousa Ribeiro voltou a garantir a vitória nos H81-MAX, apesar de, desta vez, não conseguir intrometer-se na luta dos Escorts, seguido por José Fresco e Nuno Nunes. O VW Scirocco que tinha ficado em terceiro lugar na categoria H81-1600, conseguiu desta vez o primeiro lugar no pódio, seguido por Rafael Cerveira Pinto e Manuel Cabral Menezes, ambos em VW GOLF GTI. A categoria “Production Cup” voltou a dar que falar, com uma luta renhida do início ao fim, apenas 2 segundos de diferença a separarem o vencedor do terceiro lugar. Quem subiu desta vez ao tão desejado lugar mais alto no pódio, foi Raffa 78, com João Posser em segundo e João Costa em terceiro. Na categoria 1052, troca de lugares para a segunda corrida com Veloso Amaral a vencer, seguido de Carlos Maciel e Manuel Ferrão a fechar o pódio.

Diogo Ferrão, responsável pela organização do Circuito de primavera diz: “Corridas muito emotivas, com lutas constantes das mesmas classes, mas também de carros de diferentes categorias que lutavam pela melhor posição. É especialmente gratificante voltar a ver os Datsuns do ex troféu a participarem em provas e a terminarem com segundos de distância entre eles. A CSS Group1 segue agora para o Jarama Classic, a 2 e 3 de junho, onde para além das corridas, o evento será abrilhantado com a celebração pela Porsche Ibérica do 70º aniversário da marca”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.